imagemtopo

HomeNeoplasias Do HomemNeoplasias Da MulherNeoplasias Da InfanciaNeoplasiasGeraisEquipe

Leiomiossarcoma

 

São igualmente comuns antes e após a menopausa e apresentam um pico de incidência entre os 40 e os 60 anos de idade. Eles possuem uma extraordinária tendência a reaparecer após sua remoção e mais da metade dos casos acaba por dar origem a metástases, através da corrente sanguínea, em órgãos distantes, tais como pulmões, ossos e cérebro. Também pode ocorrer disseminação para toda cavidade abdominal. A taxa de sobrevida de cinco anos é de aproximadamente 40%.

 

 

   

 

Macro

 

Macroscopicamente são massas que crescem no interior do útero que podem assumir dois padrões um pouco distintos: crescem como massas carnosas e volumosas que invadem a parede uterina ou como massas polipóides que se projetam na direção do lúmen do útero.

Microscopicamente apresentam uma ampla variedade de atipias e, como consequência, observam-se desde lesões extremamente bem diferenciadas até lesões anaplásicas que exibem as anomalias citológicas dos sarcomas que crescem desordenadamente.