trindir.net
indian desi xvideo outside river pron
beylikduzu escort
sikis
porno
escort pendik
escort antalya
real life cam hd porn movies
sisli escort mecidiyekoy escort kadikoy escort beylikduzu escort alanya escort atakoy escort
gaziantep escort
gaziantep escort
erotik film izle Rus escort gaziantep rus escort
casino siteleri en iyi casino siteleri bahiscom
deneme bonusu
lara escortlar
superbetin
bahsegel
bonus veren siteler
Bonus Veren Bahis Siteleri - bahiscikiz.com
casino siteleri anadolucasino çevrimsiz bonus
Comunic Comunicação Estratégica

A Faculdade de Medicina de Rio Preto modernizou os seus sistemas operacionais e está migrando vários sistemas para a computação em nuvem. Essa atualização faz parte de projetos desenvolvidos pelo Núcleo de Informática em parceria com a Diretoria Adjunta Administrativa, como o Projeto Risco Zero e o Projeto Famerp nas Nuvens, o FamerpNet Cloud.

“Apresentamos os projetos e tivemos o apoio imediato da nossa diretoria. Além disso, contamos com a ajuda de diversos setores da instituição, com destaque para o grande engajamento da nossa equipe de TI, que ajudou dando todo o suporte técnico. Concluímos no início do ano esses dois projetos que acabam se complementando”, conta João Marcelo Rondina, Diretor de Núcleo de Informática e coordenador do projeto.

O Projeto Risco Zero foi desenvolvido para promover a segurança digital dos dados da instituição e tem esse nome, pois com ele diminui o risco de os softwares sofrerem algum ataque virtual ou sofrer roubo de dados. O projeto foi finalizado em fevereiro e já está funcionando em todos os computadores da instituição.

Um outro projeto concluído recentemente é o Famerp nas Nuvens, o FamerpNet Cloud. O projeto foi desenvolvido e executado com objetivo de migrar alguns sistemas do Datacenter para o armazenamento em nuvem. Essa tecnologia, além de diminuir a dependência ao recurso computacional físico, também proporciona segurança e estabilidade aos sistemas da rede.

Esse movimento de transferência começou em 2021 e para a segunda fase, a instituição contratou a Rede Azure, da Microsoft, um dos mais renomados serviços de Cloud mundial. O projeto recebeu aprovação unânime do Conselho Estadual de Tecnologia da Informação.

“Esse projeto trouxe maior segurança e estabilidade aos nossos serviços de rede, pois agora estão em um sistema de computação em nuvem, de alta disponibilidade, alinhado às diretrizes do governo estadual. Esses servidores de computação que nós escolhemos estão localizados em sistemas de computadores na América do Sul, com várias cópias”, ressalta João Marcelo.

Esse projeto também está alinhado ao Programa de Transformação Digital da Diretoria da Famerp e a previsão é que esse processo de migração para a FamerpNet Cloud continue.

“Foram beneficiados funcionários, professores e alunos da Famerp, diretamente, que passaram, com a conclusão do projeto, a utilizar estações de trabalho mais seguras e protegidas de ataques de vírus e ataques de hackers da internet”, conclui o diretor-Geral da Famerp Francisco de Assis Cury.