Famerp reúne novos alunos na semana de integração

Os novos alunos dos cursos de Medicina, Enfermagem e Psicologia da Famerp foram recebidos nesta semana, por veteranos, docentes e diretores da instituição com uma programação especial de recepção.

Os alunos fizeram um tour pela faculdade e foram apresentados às diretorias, setores e todos os projetos. Foram instruídos também quanto aos sistemas eletrônicos, com informações burocráticas que o discente precisa saber ao longo da graduação como notas, frequências, atividades extracurriculares e etc.

Famerp promove XVIIº Encontro Interdisciplinar de Aperfeiçoandos, Residentes Multiprofissionais e Uniprofissionais da instituição

A Famerp realizou, no dia 23 de fevereiro, no Anfiteatro Fleury, seu XVII Encontro Interdisciplinar de Aperfeiçoandos e Residentes Multiprofissionais e Uniprofissionais da instituição. Foram apresentados 11 temas Livres e 110 pôsteres de pesquisas científicas, materiais que contribuíram positivamente na carreira dos participantes.

Estavam presentes no evento as diretorias Famerp, Funfarme e Instituto Lucy Montoro, além dos coordenadores de serviços, coordenadores de programas e a superintende assistencial do Hospital de Base.

Promovido pela Coaprimo e Coremu, o evento teve objetivo de apresentar os trabalhos de conclusão de curso, desenvolvidos pelos bolsistas durante este tempo na instituição e, mais uma vez, foi um grande sucesso.

Processo seletivo das Instituições de Ensino Superior (IES) para Projeto Rondon 2024

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo das Instituições de Ensino Superior (IES) nas operações de julho 2024 no Projeto Rondon. Serão duas ações, a “Velho Chico”, realizada no Estado de Pernambuco entre os dias 4 e 21 de julho e a Operação “Sentinelas Avançadas II”, realizada entre os dias 11 e 28 de julho em Rondônia.

Para se inscrever as IES deverão propor ações com caráter de extensão, que contribuam para o desenvolvimento sustentável, o bem-estar social e a qualidade de vida nas comunidades e para o desenvolvimento e o fortalecimento da cidadania do estudante universitário, usando as habilidades universitárias. Podem se inscrever faculdade públicas e particulares e as inscrições vão até o dia 5 março.

Veja link dos editais abaixo.

Operação Velho Chico

https://www.gov.br/defesa/pt-br/assuntos/projeto-rondon/downloads/operacao-velho-chico

Projeto Sentinelas Avançadas

https://www.gov.br/defesa/pt-br/assuntos/projeto-rondon/downloads/operacao-sentinelas-avancadas-ii

Curso de Enfermagem recepciona alunos no Anfiteatro Fleury

Enfermagem recepciona alunos no Anfiteatro Fleury

Alunos das turmas de enfermagem, do 2º ao 4º ano, foram recepcionados nesta manhã de segunda-feira, dia 5, para receberem instruções quanto ao curso e apresentação de uma carta do Conselho Internacional de Enfermagem. Na ocasião, os alunos também receberam uma caneca para dispensar a utilização de copos plásticos.

Reunião e planejamento

Na última sexta-feira, dia 2 de fevereiro, os docentes do curso estiveram em reunião para apresentar todo o planejamento do curso.

Vacina do Butantan é testada pela Famerp e protege 79% dos imunizados em dois anos

Comprovando segurança e eficácia em pessoas com ou sem exposição prévia ao vírus, informação foi publicada em artigo do New England Journal of Medicine, uma das mais prestigiosas revistas científicas do mundo

Um estudo do qual a Faculdade Medicina de Rio Preto – Famerp participou, em parceria com o Instituto Butantan, foi publicado no New England Journal of Medicine, uma das mais prestigiosas revistas científicas do mundo, informando resultados significativos do ensaio clínico da fase 3 da vacina contra a dengue do instituto.

Segundo consta a publicação, o imunizante feito com os quatro vírus atenuados, de dose única, evitou a doença em 79,6% dos vacinados, ao longo de um período de dois anos e protegendo tanto quem já tinha tido dengue como aqueles sem infecção prévia.

“À medida que enfrentamos um aumento expressivo nos casos de dengue no Brasil, com números alarmantes nos primeiros meses de 2024, a eficácia demonstrada pela vacina oferece uma nova perspectiva para o controle da doença. Seguimos muito promissores com os resultados que a vacina tem demonstrado durante o estudo”, afirma o virologista da Famerp Maurício Lacerda Nogueira.

Em sua fala, o médico faz alerta sobre os dados divulgados nas quatro primeiras de 2024, quando foram identificados 217.841 casos prováveis da dengue, com 15 mortes confirmadas e 149 sob investigação. No apanhado de 2023, foram registrados 1,6 milhão de casos prováveis até novembro, segundo o Ministério da Saúde. Além disso, a divulgação do estudo fortalece a possibilidade de aprovação da vacina pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“A publicação na NEJM, uma revista de prestígio, reforça a qualidade dos ensaios clínicos conduzidos pelo Butantan, a capacidade dos centros de pesquisa e cientistas envolvidos no projeto e o reconhecimento internacional do Instituto”, afirma Esper Kallás, diretor do Instituto Butantan e investigador principal.

A avaliação da eficácia do imunizante decorreu ao longo de um biênio, durante o acompanhamento de 16.235 voluntários provenientes de diversas regiões do Brasil, com idades variando entre 2 e 59 anos, distribuídos em 16 centros de pesquisa. Durante esse intervalo, houve notificações mínimas de casos de dengue entre os participantes. O estudo, iniciado em 2016, será conduzido até que todos os voluntários alcancem um período total de cinco anos de monitoramento.

A proteção foi constatada em todas as faixas etárias, atingindo 90% em adultos de 18 a 59 anos, 77,8% entre os 7 e 17 anos, e 80,1% nas crianças de 2 a 6 anos. Indivíduos que já possuíam anticorpos para a dengue antes da pesquisa experimentaram uma proteção de 89,2%, enquanto aqueles sem histórico prévio do vírus alcançaram uma eficácia de 73,6%. Importante notar que o imunizante manteve um perfil de segurança consistente em ambos os grupos, destacando-se como uma vantagem em relação a alternativas disponíveis no mercado privado, geralmente indicadas preferencialmente para indivíduos com exposição prévia à infecção.

A vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan visa conferir proteção contra os quatro sorotipos do vírus da dengue (DENV-1, DENV-2, DENV-3 e DENV-4). Considerando que, durante o período do estudo, apenas os sorotipos 1 e 2 circularam no Brasil, a eficácia observada foi de 89,5% para DENV-1 e 69,6% para DENV-2.

No que concerne à segurança, a maioria das reações adversas foi categorizada como leve a moderada, com dor e vermelhidão no local da injeção, dor de cabeça e fadiga sendo os principais eventos. Registrou-se que eventos adversos graves associados à vacina ocorreram em menos de 0,1% dos vacinados, todos os quais se recuperaram integralmente.

Uma grande vantagem potencial da candidata a imunizante do Butantan é que uma única dose demonstrou ser suficiente para conferir uma proteção robusta contra a dengue, ao contrário de outras vacinas aprovadas que requerem duas ou três doses. Esse esquema de dose única apresenta vantagens significativas, especialmente durante epidemias, pois proporciona proteção à população em um curto período, facilita o alcance de uma cobertura vacinal mais ampla e oferece benefícios logísticos e econômicos.

Famerp divulga lista de aprovados no vestibular 2024

Ao todo, foram mais de 16 mil inscritos para os cursos de Medicina, Psicologia e Enfermagem  

Somente para o curso de medicina, que oferece 80 vagas, foram 14.675 inscrições. Psicologia recebeu 956, para 20 vagas e Enfermagem 480, para 60. Confira lista oficial aqui.

Os candidatos aprovados na primeira chamada estão convocados para realizar a pré-matrícula online nos dias 5 e 6 de fevereiro, diretamente no site da Famerp.

“Parabenizamos todos os participantes pelo esforço dedicado durante o processo seletivo e esperamos em breve contar com novos talentos para enriquecer ainda mais nosso ambiente acadêmico na instituição”, afirma o Diretor-Geral da Famerp, Dr. Francisco de Assis Cury.

Famerp adquire 2 novos switches de última geração

A Famerp concluiu com sucesso a instalação do primeiro, de duas unidades, Switch Aruba de 48 portas na antiga Sala S1N TI, próxima à Biblioteca situada no bloco dos alunos.

Com essa nova infraestrutura, conseguimos realizar o balanceamento de carga no Pavilhão U4 Fleury e Mário Covas. Agora a rede no Pavilhão U4 Fleury e Mário Covas, está dividida em dois switches principais, cada um estabelecendo uma comunicação direta com o CORE por meio de uma conexão individual de 10G.

Essa melhoria não apenas aprimorou a eficiência e a velocidade da rede no Pavilhão U4 Fleury e Mário Covas, mas também proporcionou um backup redundante em caso de problemas na fibra. Anteriormente, tínhamos um canal de 10G para toda a comunicação com o CORE. Agora, o Pavilhão U4 Fleury e Mário Covas U4 conta com dois canais de 10 gigabits, ampliando a capacidade de comunicação e assegurando maior estabilidade e confiabilidade.