PROJETO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA 2024 – inscrições abertas

 

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo de Bolsas para o Projeto de Extensão Universitária da Famerp 2024. Podem participar alunos de Medicina e Psicologia do 1º, 2º, 3º e 4º ano e de Enfermagem do 1º, 2º e 3º ano.

O projeto tem objetivo de apoiar a realização de atividades de extensão com a comunidade ao longo do ano de 2024, considerando o princípio da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão, construindo novas formas de relação entre a faculdade e a sociedade.

Período de submissão dos projetos vão até 14 de junho de 2024!

Veja edital em: https://www.famerp.br/index.php/diretoria-de-extensao/bolsas-de-projeto-extensao-universitaria-2024/

 

Projeto de Extensão – HiperDia Famerp

Na última sexta-feira, dia 3 de maio, a Famerp promoveu a primeira atividade do projeto Educ HiperDia. A ação faz parte da curricularizaçao do curso de Enfermagem e tem a finalidade de proporcionar ao acadêmico vivências para a educação em saúde relacionada à Diabetes e Hipertensão Arterial.

Os alunos fizeram aferição da pressão e glicemia dos colaboradores da Famerp. Outros encontros acontecerão nos próximos dias, no Shopping HB.

Simpósio de Populações Negligenciadas trouxe discussões cruciais sobre Saúde e Inclusão

O Simpósio de Populações Negligenciadas, um evento dedicado a abordar questões críticas de saúde e inclusão, foi realizado nos dias 12 e 13 de abril de 2024, na Famerp. Organizado pelo Comitê de Saúde Pública (SCOPH) da IFMSA-FAMERP, o simpósio reuniu especialistas, profissionais de saúde e ativistas para discutir desafios enfrentados por comunidades frequentemente marginalizadas.

O evento incluiu quatro sessões distintas, compostas por palestras e rodas de conversa, cada uma focada em uma população específica. As comunidades em destaque foram a população carcerária, população em situação de rua, população preta e população idosa.

Durante as palestras, foram abordados temas como acesso à saúde, desafios socioeconômicos, discriminação e políticas públicas voltadas para esses grupos. As discussões foram marcadas por uma análise crítica das disparidades existentes e pela busca de soluções para promover a equidade e o acesso igualitário aos serviços de saúde.

Representantes de diversas instituições, incluindo organizações não governamentais, órgãos governamentais e universidades, estiveram presentes para contribuir com suas experiências e perspectivas, enriquecendo assim o debate.

O Simpósio de Populações Negligenciadas destacou a importância de se concentrar em grupos historicamente marginalizados e negligenciados no contexto da saúde pública. Além disso, ressaltou a necessidade de ações concretas e políticas inclusivas para garantir que essas comunidades tenham acesso adequado aos cuidados de saúde.

Os organizadores expressaram gratidão a todos os participantes e reiteraram seu compromisso contínuo com a promoção da equidade em saúde e o combate às disparidades sociais. Este evento serve como um lembrete poderoso de que a luta pela justiça social e pela saúde para todos é uma responsabilidade compartilhada por toda a sociedade.

Inscrições abertas para o Projeto Rondon

Estão abertas as inscrições para o Projeto Rondon 2024. Os interessados devem procurar a Diretoria Adjunta de Extensão de Serviços à Comunidade, no período de 12 a 19 de abril de 2024, das 8h às 12h e das 13h horas às 15h30 horas (considerar dias úteis). Mais informações no edital: https://www.famerp.br/index.php/diretoria-de-extensao/processo-seletivo-projeto-rondon-2024/

Em julho de 2024, a Famerp atuará na Operação Sentinelas Avançadas II em Rondônia, em mais uma edição do Projeto Rondon. Esta é a 18ª vez que a faculdade integra o projeto, numa parceria que começou em 2007.

Podem participar alunos dos três cursos da FAMERP (Enfermagem, Medicina e Psicologia) que estejam na metade final de seus respectivos cursos no momento da Operação Sentinelas Avançadas.

Foto da equipe Famerp no Projeto Rondon – Operação Parnaíba, 2019

Conceitos gerais e aplicados do TEA – inscrições abertas

O Centro Acadêmico de Psicologia da Famerp, em parceria com a Clínica ABA Estímulo, realizará um evento abordando conceitos gerais e aplicados do TEA – Transtorno do Espectro Autista. A palestra contará com a presença de profissionais que vão discutir e apresentar conceitos iniciais sobre o transtorno do espectro autista, bem como as intervenções e técnicas de cuidado direcionados a indivíduos que estão dento do espectro.

O evento ocorrerá no dia 10 de abril das 19h às 21h no Auditório do Pavilhão Fleury.

Link para inscrição: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSe6xdLJ9LWqv_e1cxaDo89gbvpBcNQUELb7JC5_s3Kgulug9Q/viewform

Famerp confirmada no Projeto Rondon 2024

Em julho de 2024, a Faculdade de Medicina de Rio Preto atuará novamente no estado de Rondônia, em mais uma edição do Projeto Rondon. Esta é a 18ª vez que a faculdade irá participar, tendo iniciado em 2007. Neste ano, as professoras Ana Maria N. F. Sabino e Daise Laís Machado Ferreira, do curso de Enfermagem, submeteram proposta para a Operação Sentinelas Avançadas II, do Projeto Rondon – Ministério da Defesa.

ATENÇÃO ACADÊMICOS!

Em breve, será divulgado o edital do processo seletivo. Poderão participar alunos dos três cursos da Famerp (Enfermagem, Medicina e Psicologia) que estejam na metade final de seus respectivos cursos no momento da Operação Sentinelas Avançadas II.

Foto da equipe Famerp no Projeto Rondon – Operação Serra do Cachimbo, em 2017

Representantes da Famerp participam de Seminário sobre Extensão

A professora Magali Orate, Diretora Adjunta de Extensão de Serviços à Comunidade, e a professora Ana Maria Sabino representaram a Famerp no Iº Seminário Nacional sobre a Formação em Saúde e a Curricularização da Extensão, que aconteceu em Brasília (DF), nos dias 2 e 3 de abril de 2024.

Os objetivos do evento foram promover reflexões sobre as necessidades da formação do profissional com viés para o Sistema Único de Saúde e debater a necessidade da curricularização da Extensão na produção de novos saberes e práticas no contexto nacional.

O evento foi organizado pela Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde.

 

Curso de habilitação e desbridamento de feridas

A Famerp e o Grupo de Curativos organizaram, nos dias 8 e 9 de março, mais um Curso de Habilitação em Desbridamento de Feridas na instituição.

Sob a coordenação da professora Nádia Poletti, que atua há 30 anos tratando de pacientes com férias complexas, o curso visa capacitar profissionais de enfermagem e futuros enfermeiros na prática do desbridamento, além de desenvolver nos participantes uma correta avaliação da necessidade da ferida e o manejo adequado dessas situações para o bom prognóstico do paciente.

O curso trouxe coberturas e correlatos tecnológicos usados para o tratamento de feridas e, neste ano, contaram com a participação especial da URGO e Esfera, grandes empresas do ramo de coberturas tecnológicas e tratamento de feridas.

Estudante da Famerp realiza estágio de pesquisa na Argentina

Vitória Moreno, aluna do quinto ano de Medicina da Famerp está atualmente imersa em uma experiência no Laboratório de Imunoparasitologia da Universidade Nacional La Plata, na Argentina.

Sob a supervisão da Dra. Laís Pardini, renomada pesquisadora na área da toxoplasmose e docente da Universidade Nacional La Plata, Vitória está conduzindo uma pesquisa financiada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo – FAPESP.

Seu estudo se concentra nos biomarcadores conhecidos como microRNAs (miRNAs) e sua possível relação com a esquizofrenia, especialmente em pacientes infectados e não infectados por Toxoplasma gondii.

Durante seu estágio no exterior, financiado pela mesma instituição, Vitória está dedica-se à realização de experimentos para o isolamento e cultivo do parasito T. gondii a partir de amostras biológicas, contribuindo assim para avanços significativos na compreensão da parasitose.

A Professora Cinara Brandão, orientadora de Iniciação Científica de Vitória na Famerp, enfatiza a importância desse tipo de estágio para o desenvolvimento profissional dos alunos da instituição. Segundo ela, “Essa oportunidade não apenas amplia os horizontes acadêmicos, mas também inspira e incentiva os estudantes a explorarem seu potencial na construção de uma carreira voltada para a investigação em saúde individual e coletiva”.

 

Vitória Moreno e Dra Laís Pardini nas dependências da Universidade Nacional de La Plata, Argentina 

Projetos de extensão da Famerp chegam aos bairros Lealdade e Amizade e Distrito de Talhado

As disciplinas de Saúde Coletiva I e Emergência I, do primeiro ano do curso de Medicina da Famerp, iniciarão, em abril, projetos de atendimento à população nos bairros Lealdade e Amizade e no Distrito de Talhado. Os nomes dos projetos são: Os Determinantes Sociais do Processo Saúde-doença; Violência escolar – Vamos Conversar? (Saúde Coletiva I) e Conceitos iniciais em Urgência e Emergência (Emergência I).

Antes da escolha dos temas, foram realizadas reuniões com a equipe de docentes da faculdade para levantar quais as principais questões enfrentadas por aquela comunidade, inclusive com a participação da presidente da associação dos moradores dos bairros.

Segundo Evandro Scarso de Brito, Coordenador da Atenção Primária à Saúde, é um grande ganho quando a fase de planejamento conta com a participação da comunidade e de vários setores locais.

 

No dia 6 de fevereiro, os docentes da Famerp, Dra. Maria Lúcia Machado Salomão, Dra. Maria Silvia de Moraes e Dr. Paulo César Espada estiveram em reunião, na UBS Lealdade e Amizade, com a presidente da Associação dos Moradores dos bairros da região, Adriana da Silva Arruda, representantes da Secretaria Municipal de Saúde, o preceptor e Médico de Família, Dr. Cláudio Ártico Baptista, Diretora de Extensão da FAMERP, Magali Orate Menezes da Silva e equipe técnica da Diretoria de Ensino da faculdade.

 

No dia 27 de fevereiro, na UBS Talhado, a reunião contou com a presença do Subprefeito do Distrito, Ronaldo Oliveira, dos conselheiros de saúde Neuza Maria Fiuza de Lima e Narcizo José Filho, a preceptora e médica de Família Dra. Júlia Carolina Junqueira de Andrade e a Diretora de Extensão da Famerp.