trindir.net
indian desi xvideo outside river pron
beylikduzu escort
sikis
porno
escort pendik
escort antalya
real life cam hd porn movies
sisli escort mecidiyekoy escort kadikoy escort beylikduzu escort alanya escort atakoy escort
gaziantep escort
gaziantep escort
erotik film izle Rus escort gaziantep rus escort
casino siteleri en iyi casino siteleri bahiscom
deneme bonusu
lara escortlar
superbetin
betsat
bonus veren siteler
Bonus Veren Bahis Siteleri - bahiscikiz.com
casino siteleri anadolucasino �§evrimsiz bonus
FAMERP

A diretoria de Extensão da Famerp, em parceria com Funfarme, DRS 15 e Secretaria de Saúde de Bálsamo, participou da ação “Apoiando o Município no Combate à Pandemia”. O projeto foi encerrado no mês de julho e contou com a colaboração de enfermeiros do Hospital de Base e graduandos em enfermagem.

O principal objetivo foi orientar a população de Bálsamo sobre a forma correta de evitar a contaminação por Covid-19 quando algum membro da família testasse positivo.

O Programa visa auxiliar o município no combate à pandemia, por meio do rastreamento dos contactantes e realização de mapa de risco na comunidade.

A implementação constituiu-se numa proposta de vigilância ativa para o enfrentamento da pandemia e monitoramento dos casos e dos contactantes, via telefone, gerando indicadores de resultados positivos.

Segundo a diretora de Extensão, professora Lucia Becaria, a experiência do contato com a população de Bálsamo permitiu observar que as relações e possíveis transmissões, em sua maioria, são muito amplas, transformando-se em uma grande cadeia.

“As orientações envolveram a necessidade do cuidado com higiene, o uso de máscara dentro de casa, permanecer isolado em quarto separado e uso de banheiro separado, quando possível. Além de observar a presença de qualquer sintoma suspeito e procurar a unidade de saúde do município”, explica a professora Lucia.

De acordo com a diretora de Extensão, as perguntas mais comuns feitas pela população eram o tempo de isolamento, se seria preciso refazer o teste no final do período de quarentena e sobre medicamentos que poderiam ser usados.

“A maioria das pessoas teve boa aceitação em relação às ligações e orientações, agradeceram a ligação, tiraram dúvidas quando necessário. Poucos casos se negaram a continuar recebendo as ligações para monitoramento”, conclui.

Comunic Comunicação Estratégica